Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 29 de março de 2011

Vazio

Quanto abri a janela , logo vi uma luz, uma luz que ascendia e brilhava, continuei seguindo e seguia, e a luz acescendia por dentro, ascendia mas forte, derepente não era uma lua, não era o sol, não era um asteroide, era um lampião, daqueles que iluminava o salão, luz do  baile da minha terra, é só  andar para traz  e perguntar a memoria, ela registra e sabe direitinho, como é  essa   luz que não se apaga. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário