Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 24 de junho de 2012

Vida ri...acho!


A vida de correntezas,
Cheia de montanhas e penhascos,
Ladeiras e corremão,
Riachos e ribanceiras,
Escorregando no chão,
Lamaçal e cordilheiras,
Cachoeira  escorrendo pelas mãos,
A vida e a contra mão,
 Vida  de rio-acho,
Viva  as  curvas da direção,
Ribeiras e ribeirinhos,
Agua escorrendo pelos rincãos,
Afluentes e comportas,
Ë quase  uma desilusão,
Riacho da minha vida,
Vida de riachão,
Uma vida de riacho,
Trovoadas e correntezas,
Correntes do coração,
Quanto mais riacho tem ,
Mas é grande o turbilhão,
De enchentes e correntes,
Que te leva a solução,
Nesta vida de riacho,
Sempre tem um riachão,
Uma cachoeira,
O mar...
Muita brisa e emoção,
Para te levar longe,
Te trazer  contemplação,
E lavar a alma,
Nas cacimbas do amor,
Dos riachos meus irmãos.
Onde nasce o sol,
Onde grita a natureza,
E canta uma linda canção,
Onde o  vento canta a emoção,
A boca da noite,
Quando os animais...
Os passaros se despedem,
O mundo gira,
A lua brilha,
Uma flor se abriu,
O pasaro cantou,
O dia surgiu,
E ainda a pensar,
Ri-acho sem você,
Como seria o rio?








sábado, 16 de junho de 2012

Agarradinho

Passo a vida  sussurando,
Nos ouvidos do sonhar,
Subindo penhasco e descendo,
Para com ele me encontrar,
Ao descer vou escoregando,
Devagarinho... davagarinho,
De braços dados,
Agarradinho...
Pra ele não  se soltar.
Pois ele é como o vento,
Me leva pra lá e pra cá!!!
Do jeitinho que eu gosto,
O negocio é sonhar.
Nem que seja sonhos revoltos,
Como o agito do mar,
 Com um tempinho  para dizer,
 Boa noite sonho meu.
E assim te desejar,
Muitos sonhos a balançar,
No  mar em seu silêncio,
  Sem ondas para agitar,
Vendo a lua em alto mar,
E um barquinho a navegar...
Um dia, tenha certeza.
A janela do mundoo se abre,
E aquele sonho... sonhado,
Vai sim, se realizar,

terça-feira, 12 de junho de 2012

Se...

Se eu fosse um poema,
 Eu pensava mil vezes,
Sobre a distância,
Que te deixou longe de mim,
Se eu fosse o tempo,
Eu queria saber,
Quem te levou enfim,
Se eu fosse o amanhã,
Eu já estava pensando hoje,
Como será o fim ,
Se eu fosse hoje,
Faria desta distância cruel.
O verbo... AMAR,
O único milagre invisivel aos olhos dos outros,
Plantado no jardim da alma,
Conjugado no presente,
Para sempre enamorado.





domingo, 10 de junho de 2012

Sem fronteiras

É indizivel dizer o limite!
O corpo onde dorme a alma,
Transcende o lugar ,
O que é apenas sensação,
Se dilue...ação, reação,
Descreve uma pagina de emoção,
E as marcas tatuam  o coração,
Perpassa a dimensão do olhar e do sentir ,
Sentir não é apenas sentimentos,
São os sentidos sentindo o sentir em si,
Para além do dizível,
Dia dos namorados.



Ainda bem

Um domingo bem além,
Das idéias que agente tem,
Um poema e uma noticia,
Uma música e um som alto,
Um amor de vai e vém,
Um aspiral sitonizado,
Uma leitura complicada,
Uma idéia desafinada,
Uma tesão sem medida,
Em transe a melodia,
Do outro dia...arredio,
Me traz um poema,
Uma realidade em fim,
 Na musica que veio pra mim.
Tudo é meio, não é fim.



sábado, 2 de junho de 2012

Mensageiro

Vento leve ao meu amigo,
O amor,
Por que te Amo!
Sopre o ar na sua face,
Faça zunir no seu ouvido,
O som da primavera,
E o perfume da rosa vermelha,
Que  seu corpo exala,
Espalhe-se sobre meus olhos,
Para que meus lábios se alimente,
No esplendor da sua presença,
E me envolva na suave brisa ,
Que a distância me agraciou,
Com a certeza  de que a saudade,
É o ar que respiramos
Para que o amor volte,
E fique em nós como a folha verde,
Que traz a sombra,
 Ou a que aduba por quê muchou,
As duas movidas pelo vento,
Sua mensagem a mim  chegou.