Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 27 de abril de 2011

DIA NACIONAL DA CAATINGA. -28 de Abril

Não sou conhecida por Maria
Nem também me chamo José.
Fui crescida no chão da alegria
E cultivada no estrume da fé!
Já concebi vários filhos
Sem nenhum chamar-se Jesus!
Sou agasalho... Sou ar... Luz...
Energia! Mas, vivo a sofrer
Sem ninguém a me perceber.
Sinto dor... Tenho a minha cor,
Mas não sou racista. Sou bonita,
Perdão, bela! E esquento sua panela!
Não sou Iracema; sou Jurema...
Pereiro... Marmeleiro... Cardeiro...
Catingueira... Pau D'Arco... Juazeiro...
Sou tudo de bom para você!
Sou cama... Sou mesa... Chama...
Sou seu assento... Seu buquê!
Mas, não consigo saber por quê
Você me maltrata... Você me mata!
Quando você se divorcia
Encontra logo outra mania!
Mas toda vez que me arranca
Esvazia toda minha família...
Eu sou caaringa você homem!
Sua evolução é a minha crucificação...
É o Sertão nú... É a devastação...
É a fragilidade da sua educação!

Gilberto Costa

Espera

Fui marcada por um sono\
Nesse instante sem acordar,
Nunca vi sono tão grande,
Que chega a maltratar,
Mas a teimosia tem veda,
Não ver o tempo passar,
Sinto a vida reclamar,
Dessa demora danada,
Minha vida é esperar.,
Mas não vejo tu chegar,
Ë assim mesmo?
Tu gosta de complicar?
 Ô coração doido
Que nao sabe separar?!
A teima é te esperar.

Uma fezinha

Fui na mesa de jogo te buscar,                                                 
Senti teus labios serenos,
Tua boca sufocar,
Em teus olhos teu encanto,
Teu jeitinho de embalar,
Nunca vi coisa tão loca,
Como o jogo de amar,
Sen sentir, sem ver, sem  ti,
Minha vida é murmurar,
Como barco a flutuar,
 Jogando laço de fita,
E um jeito de atracar,
Na ancora de uma rosa,
Te vejo desabrochar,
E assim te vou ganhar ,
Nesse jogo  de bilhar.

Poetando com Carlinhos do Bento: DENTRO DA POESIA

Poetando com Carlinhos do Bento: DENTRO DA POESIA: "Estou dentro de ti...estou sentindo Diga-me... estou mentindo ? Vc também está dentro de mim E é tão bom que seja assim ! Tudo ainda e..."