Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Talvez

Está ficando insuportável,
Talvez o vento leve o tempo,
E quem sabe um dia,
Um sopro parado no tempo,
Não tire o sono;
E não leve para longe a ventania;
Ele o vento; 
Redemoinho; 
Furacão indomável,
Talvez um breve e suave sopro.

Tavez

Te vejo nos sonhos,
 Acordo sonhando;
 e continuarei este sonho,
Uma realidade sonhada,
Talvez!