Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 3 de julho de 2011

O espinho

Dai-nos senhor sabedoria, 
Pra suportar meu pavor,
Minha trilha tem espinhos,
Furando  meu calcanhar,

Mas já que são muitos,
Farei deles um tapete,
Para amaciar as pisadas,
E Livrar meus pés de furadas, 

Viajei por muitas grutas,
Todas sei admirar,
Aprendi não me arranhar,
Nem  garrancho atrapalhar,
Nem   espinhos me espetar,

 Sei como corta caminho,
 Sei  me defender de espinhada,
 Admirar coroa de frade,
Comer fruto de cardeiro,
E aumentar minhas passadas.

As vezes  incomoda as picadas,
Mas gosto de ser catucada,
Por isto que os espinhos,
Só serve para minhas risadas.

Acho linda na roseira,
As flores bem perfumadas,
Mas pra mim o seu sentido,
Fica escrito nos espinheiro.