Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 22 de janeiro de 2012

O sorriso

                                                       Carlos Alberto

o Circo da vida

Na minha vida tem um circo,
No meu circo tem palhaço,
Vivo a sonhar com ele acordado,
Sorrindo pra mim,
Dizendo saudade,
Brincando e cantando a felicidade,
Vivendo a  criança,
 Quardada lá dentro sem reclamar, ,

Meu sorriso começou a falhar,
Sai da porta do circo,
Triste e enfeitiçada,
O palhaço que me tem,
Em todo circo tem,
Só nao tem o mesmo soriso,
Que o meu palhaço tem.

Estranho

O amor é muito estranho,
Fala varias linguagens,
As vezes diz te amo,
As vezes nem tanto,
Muitas vezes é engano,
Mesmo assim diz:
Eu te amo,
É estranho amar,
Mas eu amo.




O que eu sou

 O que eu sou.
Nunca fui gênio,
Nem poetiza sou,
Mas não sou,
Convencional,
O que serei algum dia,
Se...nem louca sou,
Porque me preocupou?
Se sou ou não sou!
O que eu souuuu???
Ha!

Eu sou o palhaço,
Que a ciganinha pinttou.

Bom dia de domingo,
Pelas forças do criador!