Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Estou te olhando

Quando olho nos teus olhos,
Sinto  a terra  estremecer,
Os olhos começam se mexer,
A falar e convencer,
Firmes, as vezes vibrantes,
Vejo nos teus olhos o amanhecer,
Serenos como eles são,
É capaz de me vencer,
Prefiro acreditar que é verdade!
Até na virtualidade,
Porque os olhos!
Estes falam sem vaidade,
Eles brilhantes, ou  opacos,
Só eles sabem dizer,
E é por isto que o olho no olho,
Costuma se entender.
Eu daqui estou te olhando,
E te vejo sem te ver,
Com os olhos que se escondem,
Em mim e em você,,
Desse jeito eu te olho,
Ninguém mais vai saber,
Que vejo meu bem querer,
E só vejo o que quero ver,
Você é um lindo e amável ser..

terça-feira, 22 de maio de 2012

Do min io

São nos teus olhos que dormem  meus sonhos,
São nestes lábios finos o lugar que quero andar,
Abraçar o teu sorriso,
De braços dados viajar,
Para nunca te ver chorar,
Vou demarcar meu teritório,
Armar uma tenda no centro do coração,
Sequestrar seu penasamento,
E dominar estes lindos olhos!


domingo, 13 de maio de 2012

Aqui estou

Nasci, 
De onde venho não sei,
Na bolsa que fui guardada,
Tinha calor e um fio,
Eu era ligada ao mundo,
Meu mundo,
Minha alma geradora,
Minha cama sem lençol,
Meu conforto girassol,
Muitos dias lá vivi,
Respirei  e resisti,
Fui protegida,
Mas desisti,
Do meu mundo lá fora te vi,
Minha luz , meu candeeiro,
Minha mãe que me gerou,
Me guardou e deu-me a vida,
Vida minha, minha mãe !
Aqui estou.






domingo, 6 de maio de 2012

Influência

Eu mudo como as fases da lua,
Me desnudo, fico nua,
De onde olho,
Vejo sempre de onde vim,
Fina sitonia,
Corpo que arde,
Se afina e vigia,
Alma que se remexe ,
Influência  minha lua,
Tua fase  de sanque,
Ferve nas veias,
Em ondas circundante,
Essa  força sempre tua.
Lua cheia,
Cheia de luz,
Mãos que seca a lagrima,
 Acaricia o sorriso,
Ascende a chama,
Fases a luz da lua.



quinta-feira, 3 de maio de 2012

O vinho da vida

São as taças de amor,
As marcas  de uma  paixão,
 Goles   de vinho sem cor,
Me desfaço,
E refaço no passo,
Que me disfaço ,
Em calor,
Em  frutas que dão sabor,
Doce amor.