Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Sem explicação

Como é que acontece uma turbulência?
Não tem explicação a força desse motor.
Algo acontece lá por dentro,
Chega com muita força,
Chega a faltar respiração,
Parece que o mundo encolhe,
Parece que quer entrar no coração,
Parece que não tem espaço,
Algo estranho no ar se movimenta,
Aperta o pulmão, espreme o coração,
As veias parece que pára por segundos,
Estranho esse vendaval,
Como explicar sua chegada,
Se não chegou ainda.

terça-feira, 29 de abril de 2014

Colheita

Sai pelo mundo a fora,
Colhendo doçuras no ar,
Com uma cestinha florida,
Perfumada  de carinho,
Colhi rosas de amor,
Borboletas voando,
Passarinho a cantar,
Uma lua para meu luar,
Um sol para nos acordar,
Uma musica de ninar,
Vou eu colhendo ternura,
Nos jardins do meu sonhar,
Onde tem muita doçura,
Uma rede e uma varanda ,
Esperando o dia chegar,
È que o dia vinha me presentear,
Nele eu tinha certeza,
Não iria me negar,
Aquilo eu que mais queria,
Ver teus sonhos se acomodar,
Virar realidade e parar,
Aqui  nos meus sonhos,
É teu lugar de sonhar,
Sonhos vem me abraçar.
Nesse sonho, meu sonhar.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Cumplice

Não era a distancia que falava,
Era o tamanho do afeto que aproximava,
Um pensava o outro respondia,
Ele sonhava ela vivia,
Enquanto ele acalentava sonhos,
Ela entendia a força da sua magia,
Ele e ela era uma fantasia,
Doce mel que contagia.