Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

É muito tempo

Como o tempo passa devagar,
Minutos, horas, segundos,
Dias sem contar,
Por vezes uma eternidade,
Sempre muito devagar,
As vezes voa sem avisar,
Há dias que não quer passar,
Quanto tempo o vento leva para soprar,
É tão rápido que não se consegue pegar,
Devagar ele resfria um olhar,
Migra sem querer parar,
Volta sempre e fica no ar,
Leva o  barco em alto mar,
Me trás de volta em ondas o mar.
Levou meu cabelos em fios ,
E fez voar...
Um tempo calmo,
 Me acalma meu mar,
Que vento frio no ar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário