Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 4 de junho de 2011

Teus olhos

Os olhos que a mim falam :
Me dizem se estão assustados,
Me dizem da sua tristeza,
Me dizem da sua paixão,
Me dizem da solidão,
Me falam da sua alegria,
Brilham ,
Me dizem das duvidas,
Do sim ou não,
Sorrir pra mim,
São seus olhos,
Que me atrai,
São meigos olhares,
Teus.
Ver seus olhos,
Isso basta!
Sentir as mãos,
Receber uma mensagem,
Olhar no olho,
A certeza da recepção,
Ver no soorriso!
Para ser permitida ,
Rejeitada,
Amada,
Ou inibida.
Mas é a sedução do olhar,
Que exala inspiração,
Para uma conspiração,
Seja amor seja paixão,
Eles nos chama a redenção.

2 comentários:

  1. Ah, os olhos!...falam diferentes linguagens misteriosas, porém diziveis...
    Parabéns, grande poetisa dos arredores do Totoró de baixo e de cima. De todos os céus.

    ResponderExcluir
  2. Lindo, Belíssimo Poema, acrfecentaria umas pitadas de pimente de cheiro, pra deixar quentem mas está excelente.

    ResponderExcluir