Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 22 de maio de 2011

A metade

Um passeio no jardim que plantei,
No lugar que aqui deixei,
Um jardim que encontrei,
Um jardim oferecido,
Um jardim que me tem,
Um jardim apenas...
Um jardim sem fim,
Com poemas floridos,
Um brinde de vinho TimTim ,
Com flores pra mim,
 Minha flor de jasmim,
 Flores pra meu beija flor,
Flores de todas as cores,
Muitas flores ,
Flores que me encantei,
Flores que nunca pensei,
Flores que daqui olhei,
Flores que sem ver me apaxonei,
Flores que jorra beleza e pefume,
Flores do perfume que ganhei,
Flores em palvras poemadas,
Palavras perfumadas,
 No tapete que pisei,
Um tapete colorido,
Um tapete  bem lilás,
Flores do meu jambo que cresceu,
Na foto que registrei,
Foto de imagens marcadas,
 Era espinhos e na roseira me marquei,
Espinhos que perfuravam ,
Que rasgou um coração torurado,
 E fez sofrer,
 Espinho da saudade,
 Espinho dos amores ausentados,
 Espinho que nem vi mas  marcaram ,
 Espinho espetado,
  Espinhos entre  rosas,
  Espinhos do  silencio,
 Teu silencio que quero ouvir,
Os espinhos do teu querer,
Os espinho do viver,
Espinhos  que arranquei,
Espinhos daqui, dalí ,
Espinhos do meu jardim,
Meu jardim...apenas,
Metade de mim é flores,
 A outra metade jasmim,
Sou sempre assim,
Metade de mim cala, metade grita ,
Metade é cansaço, metade um vulcão,
Metade adormecida no teu sonho,
Metade acorda a madrugada por ti,
Um jardim de flôr e espinho.
Um jardim poemado,
Com tapete de cetim,
Feito de amor  assim.
Uma  roseira colorida,
Com espinho e perfume,
Meu jardim de primavera.
O jardim do bem te vi.
Meu jardim é meu passeio,
Vou ti curtir mesmo assim.
Molhar meus pés,
E sentir  nas gotas da tua lagrima,
No orvalho da brisa que sorir no amanhecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário