Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 2 de abril de 2011

xAme-go

Viver  nesse xamego, nem lá, nem cá, será que vai levar os dois em algum lugar? um indo outro vindo, sumindo  como o ar, deixando saudade, se levando a amar, amar sem parar e sem se deixar abraçar parece azar, amar e amar e nunca se encontrar, nesse xamego no jeito de olhar, ennrolando  palavra  um jeito de escapar, são os fios invisiveis entre eu e tu, dizendo ao mundo que ame; escrevi isto no xamego do teu  olhar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário