Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Serrista

Sou filha da terra,
Sou igual a Iemanjá,
Gosto de rosas,
Mas não sou do mar,
Sou da serra,
Onde tinha trapiá.
Foi na serra do doutor,
Na fogueira de são joão,
O lugar de me encantar,
Fazia advinhação,
Ia no prato se olhar,
Buscar na ilusão,
O noivo que ia casar ,
Subia na serra verde,
Como passaro a voar,
Vivia por lá ,
Esperando o noivo chegar,
Mas São João disse,
E são pedro confirmou ,
Pode esperar que seu noivo vai chegar,
Uma serrista,
Me diz quem  vai enjeitar!.
Danca forró, até o dia raiá,
Tem molejo no pé,
E onde você pensar ,
É só a sanfona tocar,
Pra seu corpo embalar
Na dança, até a gata miá.




Nenhum comentário:

Postar um comentário