Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 5 de abril de 2011

Segredo

No encontro com o poema
Escutei o hino do amor
Era uma musica belissima
Entoada com vigor
Pensei que fosse uma prenda

Cante outra e surpreenda
Do jeito que essa impressionou
No mesmo tom que tocou
Que vou armar uma tenda 

Nesta barraca tu entra
Tu leva logo o  produtor
Eu arrumo  o cantor
Fazemos o par  e nós dança

Um belo par se apresenta
Nesta noite de calor
Nós combinamos o passo
O resto e nós dois que inventa.

Nesse meio sem muvuca
Tem gente de todo lado
Uns tanto mais avançados
 O jeito é ficar  bem atenta
  
Os misterios nimguém conta. 
Cuidemos de ouvir violino
O  vinho levamos ao trono
 Fica escrito as lembranças...

























Nenhum comentário:

Postar um comentário